domingo, 26 de maio de 2013

Loriga/Torre/ Manteigas Serra da Estrela

No domingo, os Calcantes partiram à descoberta da Serra da Estrela, onde realizaram mais uma desafiante caminhada, com cerca de 28 km e com grau de dificuldade elevado. Depois da viagem em automóvel, paramos junto da lindíssima praia fluvial de Loriga, em Seia, onde demos inicio à nossa caminhada em direção à Torre. Ao longo desta primeira etapa, que durou toda a manhã, em que passamos de cerca de 800 metros de altitude para 1990 metros, foi-nos possível admirar paisagens de rara beleza, onde destaco o tranquilo local chamado Garganta de Loriga e a barragem de Covão do Meio. Já perto do cume, começamos a ter os primeiros contactos com a pouca neve que ainda restava. Após o almoço na Torre, onde saboreamos o tradicional queijo da serra, bem como o habitual café do Zé e o delicioso “chiripiti”, iniciamos a descida em direção a Manteigas, através do trilho PR6. Nesta segunda etapa, a serra contemplou-nos com generosas quantidades de neve, onde fomos obrigados a libertar o nosso lado infantil e a participar em divertidas brincadeiras. Talvez por culpa do “chiripiti” ou do momento de descontração na neve, acabamos por seguir por um trilho errado, que nos desviou do nosso trajeto. Para retomarmos o trilho certo, o grupo aceitou o desafio lançado pelo Pedro e efetuamos uma íngreme e dificílima descida de uma encosta, seguida por uma passagem em densa vegetação e cursos de água, completado com uma acentuada e extenuante subida. Deste desafio resultaram algumas pisaduras devido às escorregadelas e alguns pés molhados. Retomado o trilho certo, seguimos em ritmo acelerado, passando pelo bonito Vale Glaciar do Zêzere, acompanhados pelo rio que lhe dá o nome. Já um pouco cansados, terminamos esta caminhada junto do viveiro das trutas, perto de Manteigas, onde se encontrava à nossa espera a carrinha que nos transportaria para Famalicão. Foi mais um dia bem passado e uma aventura fantástica

Rogério Silva

Sem comentários: