quinta-feira, 25 de julho de 2013

Arado / Poço Azul - Gerês

Uma viagem que eu nunca pensava conseguir chegar ao fim


No dia 21 de julho de 2013, eu fui a uma caminhada no Gerês. Começámos a caminhada às 9:30 da manhã, e nas calmas andámos durante algum tempo. Depois começámos a subir a serra, era cansativo mas todos aguentámos. Subimos, subimos durante mais ou menos uma hora e meia , e depois fizemos uma pequena pausa para nos orientarmos onde devíamos ir. Sem querer enganámo-nos no caminho e fomos parar a um sítio que estava cheio de espinhos e silvas e como era só a descer tivemos que ter muito cuidado para não caír-mos nem nos magoar-mos. A minha tia a meio do caminho sentiu-se mal e vomitou (3vezes). Fizemos uma paragem, já todos com fome, porque estávamos meios perdidos, e queria-mos encontrar o mais rápido possível a lagoa (o sítio para onde queríamos ir).Finalmente depois de muito andar chegámos à lagoa. O meu pai ajudou-me a vestir o fato de banho, mas antes de entrar na água decidi que não queria ir para a lagoa.
Poço Azul
Sentei-me na sombra com a minha tia a comer, e a ver os outros a saltar para a água. Passado algum tempo, fomos embora e estivemos mais ou menos uma hora a andar. Tirámos fotos de grupo, e continuámos a viagem. Quando finalmente chegámos aos carros (para ir para casa), descobrimos que alguns dos nossos carros tinham sido assaltados. Ficámos chateados pelo que aconteceu mas conseguimos ultrapassar isso. Mas o que eu achei mais importante nesta caminhada, foi que durante o caminho todo tive o apoio do meu pai, que nos momentos mais difíceis ele me ajudou, e que sem ele , eu em muitos momento não tinha conseguido continuar a caminhar.
Mas resumindo e concluindo: EU ADOREI A CAMINHADA!
Maria (10 anos)
 
 

Sem comentários: